• Er Esportes

Dia da Consciência Negra

Hoje, dia 20 de novembro, é o Dia Nacional da Consciência Negra.


Um dia para celebrar as conquistas e lutas diárias em busca de respeito e igualdade no esporte e na sociedade como um todo.


Desafios, que já são difíceis por si próprios, se tornam ainda maiores pelo preconceito sofrido pelos negros no Brasil e no mundo. Por isso, suas conquistas merecem um reconhecimento a altura.

Grandes tenistas negros da atualidade

O Dia da Consciência Negra surgiu em 2003 e teve sua data escolhida em uma homenagem a Zumbi dos Palmares, um pernambucano que nasceu livre, foi escravizado aos seis anos e mais tarde voltou para sua terra natal onde se tornou líder do Quilombo dos Palmares. Zumbi morreu no dia 20 de novembro de 1695.


No esporte, os resultados dessa luta são evidentes, cada vez mais vemos negros conquistando lugares de destaque em diversas modalidades, no tênis temos exemplos como as irmãs Serena e Venus Williams, o francês Gael Monfils, mais antigamente, Arthur Ashe (que tem o maior estádio de tênis com seu nome) e mais recentemente a tenista Cori Gauff (nascida em 2004 e já aparecendo repetitivamente em grandes torneios do circuito mundial).


Um dos tenistas citados anteriormente, Arthur Ashe é retentor de diversas marcas, como o primeiro negro a vencer Wimbledon, US Open e o Australian Open, também foi o primeiro afrodescendente convidado a defender os EUA na Copa Davis, já não bastasse isso, ainda foi o líder da equipe que conquistou a copa por três anos consecutivos (1968-1970). Em 1974, foi presidente da Associação dos Tenistas Profissionais, a qual ajudou a criar. Arthur Ashe faleceu 1993, com 49 anos.


Mas não se engane, o racismo ainda está presente no cenário esportivo, assim como na sociedade, e deve ser combatido. A luta pelos direitos dos negros não deve ser travada só por esses, todos podem e devem agir em prol de uma sociedade mais justa e igualitária!


8 visualizações
  • Whats PNG-01